concurseira decepcionada porque não sabia as melhores tecnicas de memorizacao

3 Técnicas de Memorização para Você Ser Aprovado

concurseira decepcionada porque não sabia as melhores tecnicas de memorizacao

Está cansado de esquecer tudo que estudou? Você usa técnicas de memorização?

Você estuda e depois de uma semana mal lembra do assunto?

Mesmo que o assunto era importante! Mesmo que você que entendeu tudo!

Os neurocientistas pesquisaram a quantidade retida de informações depois que você estudou.

Eles sabem que você perde de 50 % a 80 % do conteúdo depois de 24 horas.

E pior! Depois de 30 dias apenas de 2% a 3 % do conteúdo fica na sua mente.

Você não sabe mais nada!

Desanimador?!

Desde 1885 o psicólogo alemão Hermann Ebbinghaus apresentou pesquisas sobre o assunto. Ele estudou o conceito da Curva do Esquecimento.

curva de quando você retem do conteudo que estudou em funcao dos dias depois do estudo

O gráfico é a porcentagem do conteúdo que você recorda depois que você estudou. O “dia zero” é o fim da aula ou do estudo. É o momento em que você guardou o máximo do conteúdo na cabeça.

Observe que a curva cai rápido nas primeiras horas e continua caindo dia após dia.

Os pesquisadores divergem quanto a quantidade e a velocidade do esquecimento. Eles dependem de fatores como atenção, conhecimento prévio e interesse.

Uma coisa é certa, você esquece rápido o que estudou.

Se você não fizer nada para guardar as informações perderá a maior parte do conteúdo nos primeiros dias. Terá esquecido tudo depois de um mês.

Mas não fique preocupado! Existe solução!

Neste artigo você aprenderá 3 técnicas para ajudar você a não esquecer mais o que estudou.

oferta especial no inicio e final do artigo com imagem

Qual é a base da aprendizagem duradoura?

Para aprender você deve “mostrar” para o cérebro que o assunto é importante e merece atenção.

Essa “marcação” aumenta a chance de você conseguir armazenar a informação na memória. E ela ficará disponível quando você precisar.

E a melhor forma de avisar o cérebro que você está estudando algo importante é visitar este assunto várias vezes. São as revisões.

Entender e repetir as informações é o processo mais eficiente de tornar o conhecimento duradouro.

As informações e os conceitos “amadurecem” na sua mente quando você estuda um mesmo assunto com intervalos de tempo predefinidos.

A importância da memória para sua aprovação

A memória é a soma de nossas lembranças. Você se lembra de sua música preferida, do gosto de um bolo de cenoura, de um rosto, como andar de bicicleta e como resolver uma questão de uma prova.

É a nossa capacidade de reter e recuperar informações. É a base do aprendizado. A memória armazena todas os conceitos complexos da ciência. É o depósito de suas habilidades motoras ou intelectuais.

Por isso, as técnicas que você usa para estudar devem priorizar a memorização. Você estuda menos e aprende mais e consegue ter um alto desempenho em provas de concursos (saiba mais sobre como estudar para concurso).

As 3 melhores técnicas de memorização para você não esquecer o que estudou

Não adianta estudar muito para
depois esquecer tudo
Renato Alves

#1 Um simples esquema para você não esquecer o que é importante

O jornalista científico Sebastian Leitner criou os flashcards em 1972. Uma implementação simples da repetição espaçada.

Os flashcards são uma técnica de fixação do conteúdo comum no EUA e Europa. São cartões com perguntas na frente e respostas atrás. São perguntas diretas e objetivas.

tecnicas de memorizacao flashcards

A mecânica é simples. Você revisa os cartões com frequências diferentes conforme acerta ou erra as respostas.

Para concurso, a sugestão é o uso de 3 caixas (envelopes ou pastas).

cuide do seu corpo ergonomia iluminacao exercicios fisicos alimentacao sono

Uma caixa para os cartões que você errou. Outra caixa para os que acertou com dificuldade e a última para os que você acertou.

Pratique todos os dias os cartões da caixa das respostas erradas. A das respostas que você ainda tem dificuldade revise a cada 3 dias.

A caixa 3, das certas, praticar a cada 5 dias.

Para os cartões que você só de pegar já sabe a resposta pode tirar da caixa 3. Passe para um outro tipo de revisão mais espaçada.

Dica ninja: Cada vez que for revisar, mude a sequência dos cartões para forçar a memorização.

Você pode fazer do seu jeito

A segunda caixa pode ser para questões que você acertou uma parte da resposta – e não para as que teve dificuldade.

Você também pode alterar o tempo para revisão, por exemplo.

  • Diária para a caixa 1.
  • De 2 em 2 semanas para a caixa 2.
  • De 4 em 4 semanas para a caixa 3.

 

Outras variações são com 4, 5 ou 7 caixas com intervalos distintos de revisão. Com um esquema de 4 caixas as revisões podem ser diárias, semanais, mensais e semestrais.

Com estes esquemas de várias caixas, você pode colocar os cartões que erra para a primeira caixa ou regredir apenas uma caixa.

Você sabe o melhor momento para usar a técnica

primeira oferta especial do artigo na esquerdaA técnica de flashcards é eficiente para memorizar. Mas, você precisa investir tempo para criá-los.

Imagine se você fizer cartões para todas as matérias. Chega um ponto que não consegue estudar assuntos novos.

Ou porque gasta muito tempo para elaborar uma infinidade de cartões ou porque fica somente nas revisões.

A sugestão é utilizar esta técnica para tópicos que são importantes e você tem dificuldade de gravar. Ou usar em tópicos conceituais ou fórmulas que você precisa saber e consegue não memorizar.

Atenção: O uso desse fichamento é o mesmo dos flashcards. Você pode criar um esquema de revisões com caixas como descrito acima.

Que tal um exemplo do uso de flashcards

Imagine você prestando o concurso para Agente de Polícia Federal de 2014. No edital do concurso tem a disciplina Raciocínio Lógico, como destacado abaixo.

parte do edital com a disciplina raciocinio logico da prova de agente de policia federal de 2014

veja aqui o edital completo

Você começa a estudar, mas tem dúvidas sobre “tabela verdade”. Então, para ajudar no estudo elabora o seguinte flashcard.

exemplo de flashcard pergunta

exemplo de flashcard resposta

Este flashcard não é uma questão de prova. Mas, tem conceitos fundamentais que você precisa aprender.

E se você for louco por aplicativos?

É melhor elaborar os cartões à mão. Na hora de fazê-las você já estuda. Quando você escreve envolve outros sentidos que dão ganhos na aprendizagem.

Mas se mesmo assim você preferir usar o computador, existem vários aplicativos como o Goconqr.

tecnicas de memorizacao uso do aplicativo goconqr

https://www.goconqr.com/

Ou o conhecido Anki (tem versão para download).

tecnicas de memorizacao uso do aplicativo anki

https://ankiweb.net/account/terms

Atenção: Os exemplos de flashcards deste artigo não foram feitos à mão para facilitar a edição.

#2 Resumir para você guardar o mais importante

O professor Renato Alves introduziu no Brasil o fichamento com foco na memorização em março de 1999. O livro “O Segredo dos Gênios” descreve a técnica em detalhes.

As fichas resumos facilitam a assimilação e contextualização dos conceitos. Mas a grande vantagem é facilitar as revisões, que discutiremos mais à frente.

Elabore a ficha na metade de uma folha A4. Use apenas palavras-chaves. Palavras “fortes” para você lembrar de todo o conceito quando ler.

Use cores para melhorar a fixação.

O segredo das fichas é o conteúdo. Faça a ficha com poucas palavras-chaves para facilitar e agilizar a visualização.

Uma forma prática de produzir as fichas é:

  • Leia o texto inteiro para se familiarizar com o conteúdo.
  • Leia o texto pela segunda vez com pausas. Em cada trecho você estuda o texto.
  • Pense em como expressar o trecho em uma única palavra – a palavra-chave.
  • Marque a palavra-chave na ficha.
  • Leia um novo trecho do texto e defina outra palavra-chave.
  • Repita o processo até finalizar o texto inteiro.
  • Crie um título na ficha para facilitar a identificação.

 

Que tal um exemplo para ficar mais claro

Fichamento do art. 144 da Constituição Federal de 1988 (clique aqui para você pegar a sua cópia da Constituição Federal de 1998).

art 144 da constituicao federal usado como exemplo para elaborar mapas mentais

A ficha resumo poderia ser algo como esta.

tecnicas de memorizacao ficha resumo do art 144 da constituicao federal

O melhor resumo para você aprender

Uma forma especial de fichamento é o uso dos mapas mentais. São úteis para fixação do conteúdo. Eles ajudam a memorização por conter elementos visuais que tornam a interpretação rápida.

Os mapas mentais representam a forma que o cérebro funciona. É uma teia de informações com conexões e fluxos.

tecnicas de memorizacao mapa mental do artigo 144 da constituicao federal

Dica Ninja: Use o vermelho somente para a negação.

Com este exemplo você teria estudado para um dos tópicos da prova de Agente de Polícia Federal.

Dica Ninja: Mescle as técnicas. Faça fichas resumos com cores, imagens, siglas e abreviações. Ou use tabelas para resumir comparações.

Você pode mudar quando precisar

Você pode corrigir, refazer ou descartar as fichas resumos e mapas mentais.

Imagine que você se prepara para a Polícia Federal. Você separa vários exercícios para estudar. Uma delas é a seguinte questão (prova CESP Delegado de Polícia Federal 2012 – clique aqui para ver a prova inteira).

questao da prova de delegado de policia federal 2013 sobre o art 144 da constituicao federal

A ficha resumo ou o mapa mental do exemplo não é suficiente para responder a questão.

Então, você aprofunda seus estudos. Usa o Livro “Direito Constitucional Descomplicado”, de Marcelo Alexandrino e Vicente de Paulo.

Você completa os seus conhecimentos com a seguinte informação.

O Supremo Tribunal Federal entende que a polícia militar não contamina o flagrante se a busca ou apreensão for com mandado judicial.

Desta forma você pode completar seu resumo ou o mapa mental, como segue.

mapa menta art 144 constituicao federal revisado

Atenção: Se você achou que este mapa mental ficou com muitos elementos, faça 2 ou 3 para abordar o conteúdo.

Dica ninja: Use filtros no site Qconcursos para encontrar muitas questões. O exemplo abaixo é bom para o concurso de Agente de Polícia Federal.

exemplo de filtro do qconcursos

Atenção: Este filtro incluiu questões sobre as Forças Armadas.

Qual a mecânica do uso dos mapas metais e das fichas

As fichas e os mapas mentais são ferramentas para organizar o conteúdo que será revisado.

Você pode utilizar um esquema de caixas (envelopes ou pastas) parecido com dos flashcards.

Ou você pode usar estes resumos como a fonte de informações no seu cronograma de revisões, como será apresentaso a seguir.

Neste caso a quantidade de mapas mentais ou fichas é grande porque deve cobrir todo o conteúdo.

Qual é o problema desta técnica

O fichamento e mapas mentais têm o mesmo problema dos flashcards: Tempo para a preparação do material.

Deixe essa ferramenta para os assuntos que você tem dificuldades ou tópicos importantes para compensar o tempo investido.

#3 A melhor forma de não esquecer o que é mais importante

primeira oferta especial do artigo na direitaÉ necessário “visitar” o que você aprendeu algumas vezes para memorizar.

A prática e a repetição reforçam as estruturas mentais quando você aprende algo novo. É uma das principais técnicas para estudar para concurso.

E não adianta repetir 20 vezes um tópico no mesmo dia.

Você não cria músculos levantando todo peso em um dia. A repetição massiva de um mesmo assunto é desperdício de tempo valioso na aprendizagem.

Programe repetições ao longo de alguns dias para alterar a “curva do esquecimento”. O tempo consolida as ligações sinápticas.

melhora na curva de esquecimento com revisoes

Neste gráfico foram incluídos os efeitos de duas revisões em dias diferentes. Cada revisão aumenta a quantidade de informação retida.

As revisões também diminuem a queda do conhecimento com o tempo. As curvas ficam “suavizadas”.

Você pode pensar…Se eu revisar é lógico que vou aprender a matéria. Mas, como sobra tempo para aprender outros assuntos que também são importantes?

É simples, as revisões são mais rápidas do que o estudo inicial. E também são feitas cada vez mais rápidas.

O Renato Alves, e seu livro “O Segredo dos Gênios”, apresenta 5 opções comprovadas de revisão.

Duas são ótimas para a preparação de concursos. Elas envolvem a formação de memória de longa duração.

comparacao da revisao semanal e revisao mensal

Qual melhor forma de revisão, mensal ou semanal?

A revisão mensal é a que melhor aproveita o funcionamento do cérebro. São vários especialistas em preparação para concurso que indicam uma programação semelhante.

Mas, tem um problema! Disponibilidade para conseguir aplicar um método rígido. Você precisa de uma dedicação quase que exclusiva para sua preparação.

Imagine se você tem bastante tempo na segunda-feira para estudar e se na terça-feira não pode estudar. Como fica a programação das revisões?

Por isso a revisão semanal é uma ótima alternativa.

A solução de escolher um dia para revisão é fácil de ser aplicada. Principalmente para as pessoas com problema de horário ou com quantidades de horas livres que variam muito durante a semana.

Outro fator que interfere no seu planejamento é a proximidade da prova.

E se você acha que não consegue revisar tudo, use a técnica de selecionar os tópicos mais importantes que você aprendeu no artigo “Como Passar em Concurso Público”.

Como começar para você ser aprovado

segunda oferta especial do artigo na esquerdaVocê pode começar a estudar com um processo rígido e depois muda para um método adaptado para seus compromissos.

Ou o calendário pode ser conforme a dificuldade que você tem com a disciplina.

O importante é revisar e ficar próximo a um destes dois métodos testados e comprovados.

Quando você entra em contato com um assunto não consegue assimilar tudo. São as revisões que “amadurecem” os conceitos.

Dica ninja: Você adia as revisões? Leia este artigo especial para você nunca mais adiar seus compromissos quando estuda.

Atenção: Muitos concurseiros confundem o estudo inicial com preparação de revisão. As revisões são importantes para fixação mas não são reestudo. Na primeira vez que estuda você deve entender os conceitos.

Como ganhar tempo nas revisões enquanto estuda

Faça anotações em seu material de estudo (livros, apostilas e PDFs). Marque trechos importantes ou palavras-chaves. Crie um resumo no seu material.

Use cores, como vermelho para o “não”. Faça marcações com asterisco para identificar algo importante. Anote frases e ideias principais.

Quando revisar olhe para estas anotações e sua memória resgata os conceitos e os pontos principais.

Conclusão

A revisão é tão importante quanto o estudo das disciplinas.

A preparação para concursos exige memorização de longa duração. Se você não revisa perde todo o que estudou.

Quando você revisa, a dificuldade de relembrar a matéria cria ganhos no aprendizado. O caminho para o conhecimento fica reforçado e acessível.

As técnicas de revisão existem para você obter o melhor resultado em conhecimento duradouro com o menor tempo de estudo.

Se você não revisar ou não seguir os prazos corretos corre o risco de perder a maior parte do conhecimento. E para aprender novamente gasta muito mais tempo do que os minutos para relembrar.

E você, como revisa? Quais técnicas de memorização você usa?

Se ainda não faz revisões…qual o método que você acha mais legal?

Me conte aqui embaixo que eu vou gostar muito de conversar com você.

oferta especial no inicio e final do artigo com imagem

Fale o que Você Pensa!